COVID-19: Lar de idosos será prioridade na fila de espera para receber o imunizante

Atualizado: Mar 9



Estamos na reta final para inicio da vacinação em massa contra a COVID-19, vamos apresentar nesse post a eficácia de cada vacina e a reação nos idosos.


Está cada vez mais próximo a chegada da vacina ao Brasil, mas especialistas alertam para não descuidar, pois a vacina passa a ter efeito imune somente passados em torno de 15 dias de sua aplicação.


Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, Porto Alegre conta com aproximadamente 240 Instituições de Longa Permanência (ILPI) número este de Geriatrias cadastradas.


Esses estabelecimentos onde reúnem um número significativo de moradores que fazem parte do Grupo de Risco sendo inserido a um grande grupo familiar será priorizado na corrida da vacina, é o que afirma especialistas da saúde.


Os nomes designados para esses estabelecimentos são vários: Clínica Geriátrica, Geriatria, lar de idosos, Casa de Repouso, mas o nome padrão utilizado poucos conhecem que é Instituições de longa permanência (ILPI).



Sputinik V


Aprovada para uso emergencial nos idosos, essa vacina Russa mostrou ter uma eficácia de 90% e conseguindo proteger em 100% para casos graves da doença.


Farmacêutica PFIZER/BioNTech


O imunizante da PFIZER foi 95% eficaz na prevenção da COVID-19 dentre o total aqueles que foram monitorados.

Em uma faixa etária de pessoas com 56 anos ou mais no ensaio da fase 3, os resultados apontaram uma eficácia um pouco menor entre os idosos, porém satisfatória, que foi de 93,7%.


MODERNA


A vacina da MODERNA apresentou uma eficácia entre as pessoas monitoradas de 94,5% na prevenção da COVID-19.


Um resultado otimista foi que essa vacina mostrou ser 100% eficaz para casos graves da doença, até mesmo para os idosos, que fazem parte do Grupo de Risco.


AstraZeneca/Oxford


A vacina americana que está em parceria com a Fundação Oswaldo Cruz apresentou uma eficácia média de 70,4%, ressaltando que esse teste ainda não foi concluído em idosos.


CORONAVAC


Esta vacina desenvolvida em laboratório Chinês se encontra em estágio mais avançado nas negociações com o Governo brasileiro, que em parceria com o instituto Butantan já recebeu o primeiro lote no mês de dezembro.


Foi aprovado pela Anvisa o uso emergencial da vacina chinesa CORONAVAC em que os testes da fase 3 apontaram uma eficácia global de 50,4%, significando que esse percentual de pessoas não irão adquirir a doença, 78% para não evolução da doença para casos que necessitam de assistência médica e 100% contra casos graves e mortes.


A Clínica Geriátrica


O Residencial Geriátrica Mont Blanc é uma Casa de Repouso que também funciona como Clínica Geriátrica para idosos em Porto Alegre.



99 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo