OMS: Cuidados devem ser de todos, mas faz ressalva aos idosos

Atualizado: há uma hora

Uma doença desconhecida que iniciou na China, em pouco tempo se tornou uma pandemia, algo amplamente disseminada, tornando-se assim uma preocupação nos cuidados com os idosos.




Prontamente foi identificado o famigerado Grupo de risco, os idosos, com o qual nós do Residencial Mont Blanc trabalhamos, prevenir ainda é nossa melhor “arma” contra esse inimigo invisível.


Prevenir inclui a diminuição da circulação no Residencial, bem como a redução de visitas, uma vez que agora o amor é posto à prova quando nossa preocupação é grande e nos faz ficarmos distantes para proteger quem amamos não venha a ser contaminado.


Todas as medidas preventivas vem sendo tomadas, os cuidados, antes já muito atenciosos e instantâneos, foram ampliados, para garantir o conforto, bem estar  e principalmente a saúde (mental e física) de cada hóspede presente em nosso Residencial.


O Coronavírus (Covid-19) é um vírus de fácil contágio, com sintomas semelhantes a uma gripe comum, sendo ainda muitas vezes assintomático, em sua maior parte de casos afeta o sistema respiratório, podendo causar falta de ar.


Com tantas informações sendo recebidas diariamente torna-se impossível não se preocupar com questões básicas como “será que isso é sintoma do vírus?”, “será que estou com o vírus e sou assintomática?”, “será que não estou contaminando as demais pessoas a minha volta?”.


Seguindo recomendações do Ministério da Saúde, quando contiverem suspeita, se isolem e somente procurem um hospital em casos mais graves da doença, evitando assim um colapso em nosso sistema de saúde ou uma possível contaminação de um círculo maior de pessoas.


O isolamento social ainda mexe com outras questões graves como a solidão, seres humanos não são biologicamente feitos para grandes períodos sozinhos, por isso é tão importante nos preocuparmos também com a saúde mental nesse momento.


DICAS DE CUIDADOS AOS IDOSOS

  • Manter uma alimentação saudável

  • Exercícios físicos 

  • Exercícios manuais ou que utilizem o nosso tempo proveitosamente, evitando assim a sensação de “dia perdido”

  • Cuidados com a saúde mental, acompanhado com a terapia ocupacional

  • Conversação (mesmo que por chamada de voz ou vídeo) 

  • Selecionar as notícias que são visualizadas ao longo do dia (para não ficar preso somente em números e dados negativos)


Em nosso cenário atual, mais do que nunca , a empatia tornou-se algo estritamente importante, pensar no outro, se preocupar com o outro, principalmente com as pessoas inclusas nas categorias de risco (idosos ou pessoas com históricos de doenças). Seja consciente de seus atos, previna-se, proteja-se por você e por quem você ama.


CORRIDA AO IMUNIZANTE: COVID 19


Segundo a Secretaria Estadual da saúde (SES) do Rio Grande do Sul, a letalidade que a COVID 19 representa aos idosos é 5 vezes maior comparado a população em sua totalidade.


Já está na reta final dos teste de inúmeras vacinas que estão sendo aplicadas no Brasil, mas uma vem ganhando destaque, é o caso da vacina chinesa CORONAVAC que está em fase de análise quanto segurança e eficácia para a compra em larga escala do Governo Brasileiro.


Expectativa para o mês de outubro em São Paulo é de que será dado inicio a primeira etapa de vacinação, que serão 5.000.000 milhões de doses compradas pelo Governo.


Já no Rio Grande do Sul ainda está em processo de tramitação quanto a liberação, analisando a eficácia que devem representar mais que 50% da população que passaram a ser imunizadas pós vacina.


LAR DE IDOSOS SERÁ PRIORIZADO AO IMUNIZANTE


O Grupo de risco e os profissionais da saúde estão na lista de pessoas priorizadas para receberem o imunizante, por terem um quadro de saúde mais fragilizados e os profissionais da saúde possuírem exposição excessiva ao vírus.


Apesar que no Brasil os casos de reinfecção estarem diminuindo, ainda sim os números são preocupantes, alerta a OMS organização mundial da saúde diante da segunda onda, que já está acontecendo na Europa.


Cientistas estão avaliando uma possível mutação do vírus, tornando-se mais transmissível e menos letal, ao mesmo tempo acompanhando e traçando um novo perfil dos infectados, em sua grande maioria os jovens.


RESIDENCIAL GERIÁTRICO MONT BLANC


Cuidado de higiene na Geriatria Mont Blanc é prioridade em tempos de pandemia, respeitar os protocolos de segurança é regra fundamental da casa e proteger o grupo de risco que fazem parte de nossa família é saber respeitar a frágil saúde da pessoa idosa.



116 visualizações

 Residencial Mont Blanc  

Venha conversar com a gente.

Faça contato hoje mesmo.

  • Facebook ícone social
  • Whatsapp Mont Blanc
  • Instagram ícone social

Rua Carlos Huber, 829 – Três Figueiras - Porto Alegre – RS

(51) 3276-5399   e   (51) 98136-9880

 

contato@montblancresidencial.com.br

  • Whatsapp Mont Blanc
  • Mont Blanc Residencial Facebook
  • Mont Blanc Residencial Instagram