Master Chef; Desafios dentro da cozinha de uma Clínica Geriátrica

Atualizado: Ago 9



Na terceira idade, os desafios são ainda maiores para o cozinheiro, devido a diminuição do paladar entre os idosos, vamos revelar dicas valiosas no preparo desses alimentos.


As restrições repassadas pela Nutricionista como a baixa quantidade de sal, pouca fritura e ainda ter que evitar alimentos gordurosos, dificultam ainda mais agradar todos os hóspedes da Casa.


O cozinheiro Marco Antônio se encontra em uma “saia justa” mas revela que os temperos fazem toda a diferença na elaboração dos pratos.


Em seus 26 anos de experiência, depois de ter passado por diversos restaurante de São Paulo, Brasília, Florianópolis e ainda ter tido a oportunidade de trabalhar na culinária Uruguaia e Chilena, revela que Clínica Geriátrica é totalmente desafiador.



Além da habilidade na elaboração dos pratos o cozinheiro ainda conta que é importante estar sempre atualizado nas portarias da Vigilância Sanitária, como o controle de temperatura, etiquetagem, coleta de amostras e sempre se atentar na validade dos alimentos.


Em mais de 15 anos de experiência trabalhando com Nutrição Clínica, Carolina Behle Chaves afirma que uma alimentação balanceada é a peça chave para o envelhecimento saudável, e faz uma ressalva, estar bem nutrido em tempos de Pandemia é crucial.


Temperos


Quem nunca experimentou aquela comida saborosa e ficou com uma pulga atrás da orelha querendo saber como se prepara, ai vão algumas dicas valiosas.


Temperos batidos com alho, cebola, louro, orégano e alecrim, são ótimos substitutos pelo o sal de cozinha, livrando assim do sódio.


O cozinheiro revela que o mamão e o abacaxi servem como amaciante natural para as carnes, mas ressalta que devem ser deixados em pequenas quantidades e no período de 15 minutos.


Afirma ainda que um dos grandes segredos no preparo está no molho, mas como um bom cozinheiro este segredo está guardado a 7 chaves.


Sobremesa padrão master chef


Saiba como fazer uma sobremesa de abacaxi padrão Master Chef usando poucos ingredientes, ai vão algumas dicas, anote:

  • Abacaxi,

  • Açúcar,

  • Creme de leite.

Primeiramente deve-se cortar o abacaxi em cubos e deixa cozinhar junto com açúcar durante 15 minutos, até ganhar consistência.


Depois de esfriar coloque o abacaxi no liquidificador junto com creme de leite e bata durante 2 minutos, despeje dentro das formas de picolé e leve a geladeira deixando por 4 horas e pronto!


Frutas com creme de morango


Frutas desejadas ao seu gosto devem ser picadas em cubinhos pequenos, reserve-as, depois faça uma gelatina de morango, deixe esfriar e adicione creme de leite e morango no liquidificador.


Uma receita simples e nutritiva que é adicionada em taças e levada a geladeira para esfriar e para caprichar pode ser feito a decoração com morango.


A Clínica Geriátrica


O Residencial Mont Blanc é uma Casa de Repouso que também funciona como Clínica Geriátrica em Porto Alegre, um lar de idosos onde é priorizado este grande prazer na terceira idade, que é disfrutar de uma comida saborosa.


Sabemos das grandes restrições alimentares do paciente idoso, por isso, a nutricionista da Clínica Geriátrica Mont Blanc, acompanha de perto o quadro de saúde de cada paciente, e ao mesmo tempo, evita uma dieta restritiva.




A reeducação alimentar é o melhor caminho para quem busca um envelhecimento saudável, evitando dietas restritivas, que na psicologia, abrir mão de muitas coisas que lhe trazem o prazer juntas, esse radicalismo favorece o abandono do acompanhamento pelo idoso.


O Cozinheiro da Clínica brinca ainda, que a decoração Gourmet é um dos segredo, relata que diminui as porções dia a dia, mas sem alterar o sabor, conta com detalhe os ingredientes que usou em um dos seus pratos, ai vai, tomilho, sálvia, alecrim, tempero verde, cebolinha, páprica defumada, açafrão, manga e pepino.




1,044 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo